Amazon procura devs Linux com experiência em DXVK e Proton para o Luna



A Amazon divulgou recentemente que está contratando desenvolvedores com experiência em jogos no Linux, isto é, mais precisamente em iniciativas como o DXVK e Proton, da Valve, bem como com os drivers gráficos de código aberto presentes na biblioteca Mesa, API gráfica Vulkan e outras áreas envolvendo o desenvolvimento de jogos no Linux. Com isso, a empresa busca contratar engenheiros para trabalhar no seu serviço de streaming de jogos Luna.

Para aqueles que não estão muito familiarizados com o DXVK, a grosso modo, trata-se de uma biblioteca que permite rodar jogos desenvolvidos com o DirectX sobre a Vulkan, permitindo um bom desempenho mesmo que o game não tenha versão nativa para Linux. Atualmente, a Valve usa o DXVK em conjunto com a camada de compatibilidade Proton.

O mais emocionante disso tudo é que as ofertas de emprego da Amazon também fornecem detalhes interessantes do trabalho que será realizado pelos novos contratados. A empresa basicamente deixa claro quais as suas intenções, que é ajudar a aprimorar ainda mais a plataforma Linux para os jogos, claro, para seus fins comerciais, mas não deixa ser empolgante ver mais uma grande empresa interessada em investir recursos e esforços para aprimorar ainda mais a experiência dos games no Linux.

"Esta função envolve trabalhar com Proton - uma camada de compatibilidade para rodar jogos do Windows no Linux usando Wine. Luna está empenhada em trabalhar com a comunidade de código aberto em torno do Proton. Essa função comprometerá o código para projetos de código aberto, como Proton e Wine, em busca de jogos em execução de maneira estável e de alto desempenho", diz a Amazon na sua oferta de emprego.

É ótimo saber também que, aparentemente, a Amazon estará concentrando esforços em contribuições diretamente para o Wine/Proton em vez de apenas um repositório privado da própria empresa. Por sua vez, essas melhorias upstream chegarão aos jogadores convencionais do Linux que não usam o serviço de jogos em nuvem Luna da Amazon e beneficiarão todo o ecossistema de jogos no Linux.

Apesar do serviço de streaming de jogos Luna originalmente usar o Windows para executar os jogos, há quem acredite que esse novo esforço da Amazon pode indicar a migração dos servidores para o Linux, já que não faz muito sentido a empresa lançar um aplicativo do Luna para Linux que faça uso do Wine/Proton, já que os games não vão ser executados nas casas das pessoas, mas, na nuvem. Contudo, por ora, não há confirmação oficial por parte da Amazon.

Atualmente, o Amazon Luna está disponível em acesso antecipado apenas nos EUA, custando US$ 5,99 por mês para acesso a títulos como GRID e Metro Exodus. A Amazon também oferece um Luna "Family Channel", que custa US$ 2,99 por mês com vários jogos para crianças.
Tecnologia do Blogger.