Lançado o Proton 7.0 com melhorias para mais jogos e Easy Anti-Cheat



Antes da chegada do Steam Deck na próxima semana, a Valve lançou nesta quarta-feira (16) o Proton 7.0 como a versão mais recente de seu software que permite que muitos jogos do Windows sejam executados no Linux com bom desempenho, graças ao uso da API gráfica Vulkan, entre outras otimizações que certamente fazem toda a diferença. Uma das mudanças mais notáveis é que o Proton agora é baseado na versão mais recente e estável da camada de compatibilidade Wine 7.0.

Além disso, também há melhor suporte para jogos que usam o sistema de anti-trapaça Easy Anti-Cheat (EAC) e que habilitaram o módulo Linux, suporte para decodificação local de conteúdo de vídeo H.264, suporte aprimorado para controle com o Steam Input para jogos executados via Origin, áudio aprimorado para Skyrim e Fallout 4, melhor estabilidade para o jogo RuneScape, suporte aprimorado para o Paradox Launcher, corrigido o suporte para o modo multiplayer de Doom Eternal e uma ampla gama de melhorias de desempenho.

Os jogos agora que devem ser jogáveis com o novo Proton 7.0 são: Anno 1404, Call of Juarez, DCS World Steam Edition, Disgaea 4 Complete+, Dungeon Fighter Online, Epic Roller Coasters XR, Eternal Return, Forza Horizon 5, Gravity Sketch VR, Monster Hunter Rise, NecroVisioN, Nights of Azure, Oceanhorn: Monster of the Uncharted Seas, Order of War, Persona 4 Golden, Resident Evil 0, Resident Evil Revelations 2, Rocksmith 2014 Edition, SCP: Secret Laboratory, Wargroove, Wartales e Yakuza 4 Remastered.

Por último, mas não menos importante, o Proton 7.0 conta com o DXVK 1.9.4, para rodar os jogos que usam o Direct3D 9/10/11 sobre a Vulkan, bem como traz uma versão atualizada do VKD3D-Proton com as últimas mudanças, para rodar os games desenvolvidos com o Direct3D 12, e faz uso do Wine-Mono 7.1.2.

Tecnologia do Blogger.